Líderes africanos lançam nova campanha, à escala do continente, para uma África livre de malária

A campanha Zero Malária Começa Comigo capacita os africanos a tomarem uma posição na luta contra a doença mortal

Segunda-feira, 2 de julho de 2018 – Hoje marca o lançamento da Zero Malária Começa Comigo, uma campanha à escala do continente organizada em conjunto pela União Africana e pela RBM Parceria pelo Fim da Malária, e apoiada pelos líderes africanos, que irá envolver mais pessoas na luta contra a doença que mata mais de 400.000 africanos por ano.

Na sequência de relatórios que revelam que os casos de malária aumentaram pela primeira vez em mais de uma década, a campanha Zero Malária Começa Comigo procura reacender um movimento que abranja toda a sociedade para recolocar no caminho certo os esforços que contribuíram para uma queda de 60% dos casos e pouparam sete milhões de vidas, calcula-se, desde o ano 2000 e para ajudar a alcançar o objetivo de erradicar a malária em África até 2030.

A campanha, revelada no domingo durante a Reunião da AIDS Watch Africa, na 31.ª Cimeira da União Africana, pelo Presidente Macky Sall, do Senegal, e pelo Rei Mswati III de Eswatini (Suazilândia), e aprovada por 55 (A confirmar) Chefes de Estado e de Governo africanos hoje, capacita as comunidades para que possam apropriar-se de forma mais intensa da prevenção e tratamento da malária e para mobilizar recursos adicionais para os esforços.

Leia o comunicado de imprensa completo em [Inglês] [Francês] [Português] [Árabe]