Países

Campanha Zero Malária Começa Comigo em África

A Campanha Zero Malária Começa Comigo é um movimento pan-africano que visa reforçar os esforços da luta contra a malária nacionais, regionais e continentais. Saiba tudo sobre o impacto da campanha nos países seguidamente referidos:

Moçambique: Zero Malária Começa Comigo

Lançamento em junho de 2018


Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique.

Filipe Jacinto Nyusi, Presidente de Moçambique, lançou a campanha Zero Malária Começa Comigo no seu país em junho de 2018, no Fórum da Malária, em Maputo. Em Moçambique, a campanha irá aumentar a eficácia dos investimentos na luta contra a malária através da melhoria da cooperação entre o Estado, a sociedade civil, o setor privado e os agentes da comunidade. Durante o lançamento, o Presidente declarou: “Chegou o momento de agir decisivamente e de atuar em conjunto porque somente através de um trabalho persistente e coordenado conseguiremos melhorar a nossa eficácia na luta contra a malária.” Leia o comunicado de imprensa do lançamento (em português).

Uganda: Ação em Grande Escala contra a Malária

Lançamento em abril de 2018


Yoweri Museveni, Presidente do Uganda. Crédito da fotografia: Alto Comissariado Britânico, Campala.

Lançada pelo Presidente do Uganda, Yoweri Museveni, a Ação em Grande Escala contra a Malária é uma campanha à escala nacional elaborada para erradicar a malária do Uganda. Enquanto parte da campanha, o Uganda comprometeu-se a aumentar os fundos nacionais dedicados à luta contra a doença e irá realizar um Fórum Parlamentar sobre a Malária para garantir que as políticas existentes apoiam o seu objetivo. Leia mais sobre a Ação em Grande Escala contra a Malária aqui.

Zâmbia: Conselho para a Erradicação da Malária

Lançamento em abril de 2018


Crédito da fotografia: Centro Nacional de Erradicação da Malária da Zâmbia.

O Presidente da Zâmbia, Edgar Lungu, lançou o Conselho para a Erradicação da Malária enquanto parte do ambicioso objetivo do país de erradicar a malária até 2021. A Zâmbia aumentou o financiamento nacional dos seus programas para a malária de oito milhões para 25 milhões de dólares e complementou a utilização de mosquiteiros, a fumigação de interiores com inseticida de ação residual e o acesso a tratamento com uma rede de técnicos de saúde comunitários composta por 8000 voluntários. Leia a declaração do Presidente Lungu aqui.

Senegal: Zéro palu, Je m’engage

Lançamento em abril de 2014


Técnicos de saúde comunitários apoiam as iniciativas de erradicação da malária no Senegal.

O Programa Nacional de Controlo da Malária do Senegal, em conjunto com a PATH e a Speak Up Africa, lançaram a campanha “Zero Malária Começa Comigo” (Zero Palu, Je m’engage!) em 2014. A campanha à escala nacional fomenta a apropriação, por parte da comunidade, dos esforços contra a malária e aumenta a sensibilização para a erradicação da malária, bem como o compromisso político para com este objetivo, entre as partes interessadas a fim de assegurar que a luta permaneça uma prioridade nacional. Leia mais sobre a campanha aqui (em francês).